Escolha uma Página

Além de serem funcionais e indispensáveis, por deixarem a cozinha livre das gorduras e dos odores durante o preparo dos alimentos, as coifas disponíveis hoje no mercado apresentam designs que deixam o ambiente moderno e elegante. Se você está em busca de uma coifa, mas não sabe qual modelo escolher, é importante saber que alguns fatores precisam ser levados em consideração, como o espaço disponível e a capacidade de sucção. 

Vamos começar pela diferença entre coifas e depuradores. As coifas atuam como exaustores, enviando o ar tratado para fora do ambiente. Nesse caso, é necessário instalar um duto metálico que fica escondido sob o forro e é responsável por direcionar a fumaça e os resíduos para o exterior. 

O modelo é mais recomendado para cozinhas maiores e onde é possível a instalação do duto metálico. Em cozinhas menores recomenda-se o uso de um depurador, por ser um aparelho mais compacto. O depurador, por sua vez, retém a gordura e os odores através de um filtro e devolve o ar para o ambiente. 

Tipos de coifa

Existem dois tipos de coifa: de parede e de teto. As de parede são indicadas para fogões localizados próximo a uma parede e devem estar a pelo menos 50mm de distância de paredes laterais ou armários. 

Glass Ray_Parede_Franke.jpg

Coifa Ray 90 de Parede Franke

PP001_325.0519.110-nd486w.jpg

Coifa Glass Touch de Parede Franke

New Dritta 90_Tramontina.png

Coifa de Parede Tramontina New Dritta 90

Já as coifas de teto, ou ilha, como também são conhecidas, são indicadas para cozinhas que têm fogão modelo cooktop ou ilhas de cocção (com churrasqueiras, por exemplo). Por causa do peso, esse modelo de coifa deve ser instalado diretamente no teto, nunca em forro de gesso ou madeira.  

Glass Touch Ilha_Franke.jpg

Coifa Glass Touch de Ilha Franke

Coifa de Ilha Tramontina New Dritta Isla 90.jpg

Coifa de Ilha Tramontina New Dritta Isla 90

Coifa Franke TUNNEL 3807 IXS

 

Potência de sucção

Outro tópico importante é a potência de sucção da coifa. Devem ser levados em consideração o tamanho do ambiente, a frequência de uso do fogão e o tipo de alimentos que serão preparados. Quando pensamos no tamanho do ambiente, deve-se multiplicar o volume do local (comprimento x largura x altura) por dez. Com esse resultado é possível ter uma ideia do poder de sucção mínimo que a coifa deve ter para tratar o ar de forma proporcional ao tamanho da cozinha. 

Vale lembrar que quanto menos ventilação natural na cozinha, maior deverá ser o poder de sucção da coifa para evitar o acúmulo de gordura e odores e manter o ambiente limpo. O poder de sucção também influencia no tamanho do duto metálico e isso deve ser levado em consideração na hora da escolha do produto.

Gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais! Se houver alguma dúvida, entre em contato que esclareceremos todas elas!