Escolha uma Página

Reutilização, tecnologia e natureza: veja como projetar de forma sustentável

Quando se pensa em arquitetura sustentável, é importante lembrar de três pontos principais: preservação ambiental, viabilidade econômica e valorização social. Pensando nisso, podemos definir uma construção sustentável como obras que minimizam o impacto ao meio ambiente, ao mesmo tempo que é financeiramente viável e melhora a qualidade de vida dos indivíduos.

Você sabia que o Brasil é o quarto país com o maior número de obras certificadas por sustentabilidade? Os dados são do Green Building Council Brasil e demonstram uma tendência para o futuro da arquitetura. Abaixo listamos pontos importantes a serem pensado na hora de projetar, confira:

Aposte na tecnologia

Todos nós sabemos que a tecnologia facilita muito nossa vida em alguns pontos, e na sustentabilidade não poderia ser diferente. Há muitos materiais sustentáveis graças à tecnologia, como revestimentos ecológicos, pisos que imitam madeira, sistemas de iluminação inteligente e por aí vai.

Uma das mais importantes e cada vez mais adotadas pelos brasileiros são as placas de energia solar. Apesar dos custos ainda serem altos, no Brasil essa alternativa possui muita produtividade, ajudando na economia de energia e no bolso dos moradores. O aquecimento de água solar também é uma alternativa viável e mais barata, ideal para esquentar a água dos chuveiros e torneiras, economizando energia.

A natureza pode ser sua grande aliada

Deixados de lado em grande parte dos projetos, os recursos naturais podem ser seu grande aliado na elaboração de uma obra sustentável. Além da importância de se preservar a natureza ao redor da obra, eles também podem estar na parte interna e externa do projeto.

O telhado verde é uma alternativa interessante, que atua como isolamento térmico e também deixa as obras mais bonitas. As plantas no telhado previnem rachaduras, desgastes, filtram a água da chuva e formam um belo jardim. Deixar a obra com aberturas de ventilação natural também é uma boa alternativa para se economizar energia, ainda mais em um país quente como o nosso!

Reutilize tudo que possível

Reaproveitar a água da chuva pode ser uma forma de se economizar água, de maneira barata e fácil. O arquiteto pode optar por sistemas de captação e reuso das águas pluviais que agregam na beleza do projeto e ajudam na sustentabilidade.

É importante também mudar a mentalidade sobre a sustentabilidade. Ela não será necessariamente um trabalho a mais e custoso, a sustentabilidade também possui como um dos pilares a economia ao longo prazo nos custos gerais dos indivíduos e a praticidade na execução.

Não enxergue a preservação do meio ambiente como um peso, mas sim como uma solução prática para problemas gerais! Mesmo que a obra esteja implementada, é possível adotar algumas das práticas citadas. Então não deixe a sustentabilidade de lado, implemente-a em seus projetos e observe os maravilhosos resultados!